Top 7! Filmes e livros para você enlouquecer nesse feriado

Um drama fofo e comovente, uma história de amor e recomeços entre um casal um pouco mais maduro, um romance erótico delicioso e um livro surpreendente que foge de todos os clichês, são as dicas contidas nas minhas leituras de maio. Em relação aos filmes, tem filme para família toda, e outros criticados pela imprensa. Saiba mais agora!



Olá, pessoal! Mais uma vez cá estou para contar para vocês sobre minhas leituras e sobre os filmes que assisti, o que faço uma vez por mês aqui no blog.


Apesar da vida corrida de mãe, dona de casa, médica oftalmologista e escritora, sempre dou um jeitinho de arrumar um tempinho para mim, para fazer coisas que gosto, e duas dessas coisas que faço por puro lazer é ler e ver filmes.


Se você vai ficar em casa de boas nesse feriado, confere essa lista aí de maio. Tenho certeza que você vai se esbaldar:


O primeiro livro que li em maio foi “Por um amor como dos livros”, da Paula Toyneti Benalia. O romance já tinha sido publicado em ebook de forma independente na Amazon, em julho de 2017, e acaba de ser lançado fisicamente pela Editora Pandorga, minha casa editorial (em julho vai sair meu novo romance, não perca!). Foi meu primeiro contato com a escrita da Paula e fiquei simplesmente apaixonada. A história é fofa, e consegue ser divertida e dramática ao mesmo tempo. Nicolle é uma garota forte e extremamente otimista, para mim ela é meio que a Poliana - da autora Eleanor H. Porter - e seu jogo do contente (leu Poliana? Se não leu, corra para ler!). A vida da garota nunca foi fácil e ela sonhava em um dia encontrar um amor daqueles dos livros, chegando inclusive a fazer uma lista das qualidades que o cara deveria ter. Entretanto, o destino resolve mostrar para ela que as coisas não costumam ser bem como queremos (afinal, na vida ”As coisas não são bem assim”, né? Já ouviu algo parecido por aí? Rs…)

Kauã, um delegado todo gatão, mas cheio de traumas, aparece na vida de Nicolle e os dois se apaixonam. Torcemos a cada segundo pelo casal. Confesso que ri e derramei mais lágrimas do que sou capaz de contar. Amei o livro e super recomendo. A história é uma bela lição de vida.


O segundo livro foi “Um mais um” da Jojo Moyes. Gente, eu amo a Jojo, apesar de ano passado ter levado um ano inteiro para ler “Uma carta de amor”. A história é boa, mas a leitura, de alguma forma, foi bem cansativa para mim. Já estava louca para fazer as pazes com a autora e “Um mais um” foi uma surpresa para lá de agradável! O livro certamente já entrou para a lista dos melhores que já li na vida! A história é envolvente , comovente e muito bem humorada! Fiquei apaixonada por cada personagem e torcendo para que Jess, uma faxineira, cujo marido saiu de casa deixando-a com uma filha pequena, um verdadeiro prodígio na matemática, e o filho dele com outra mulher (pasmem!), um adolescente meio gótico e bastante fechado, que sofre bulling na escola e na vizinhança, ajeitasse sua vida e reencontrasse o amor. Jess é uma verdadeira guerreira e se desdobra para dar conta da casa e dos filhos, porque ela trata o enteado como um filho. O destino de uma forma bem engraçada, aproxima Jess e Ed Nicholls, um milionário nerd do ramo da tecnologia — que está envolvido em uma denúncia de uso de informações privilegiadas que pode arruinar sua carreira — e para quem ela faz faxina em uma de suas casas de veraneio. Ed acaba levando a família de Jess a uma viagem para a Escócia para que a pequena Tanzie, sua filha, participe de um concurso de matemática que poderá mudar suas vidas. A viagem acaba mudando a vida de todos eles e foi delicioso e emocionante acompanhar essa jornada. Fico com os olhos raso d’água só de lembrar. Leia, leia, leia!


O terceiro foi o romance erótico “Meu destino é você”, da Priscila Tigre, minha amiga e blogueira colaboradora do blog “Ler é viver sonhos”. Este livro é o segundo da série "Chances”. O primeiro foi "Minha escolha é você”, ambos estão disponíveis em ebook na Amazon. Eu amei a história! Os personagens são muito bem construídos, os diálogos são engraçados e a cenas picantes escritas com delicadeza e muita sensualidade. Belinda é uma jovem órfã, que cresceu em um orfanato, de onde fugiu aos 18 anos, após uma desilusão amorosa e ter sofrido algum trauma que só vamos descobrir no decorrer da história. William, seu primeiro namorado, a reencontra 9 anos depois e eles têm uma chance de recomeçarem de onde tinham parado, mas os traumas de Belinda não a permitem seguir em frente e ser feliz. William lhe mostrará que é preciso reaprender a confiar nas pessoas e no amor. Amei e recomendo!


Para terminar minhas leituras (nem sei como consegui ler tanto este mês, porque tive de revisar meu novo romance e ainda terminei de escrever mais um outro livro. Ufa!), li “Cadê meu final feliz?”, da RM Cordeiro, publicado pela editora Selída, disponível em ebook na Amazon. A história é curtinha e foge totalmente dos clichês. Somos apresentados à Débora, uma jovem apaixonada por Nicholas Sparks, que abandona sua carreira de biomédica porque começa a ter alucinações. Ela inicia tratamento psiquiátrico e volta para a casa da mãe no interior, até que um dia recomeça a ter alucinações, após bater a cabeça. Não posso falar muita coisa para não estragar a graça do livro, mas recomendo que leia. Ele mostra que nem sempre as pessoas são as mais perfeitas, mas podem ser perfeitas umas para as outras!


Vamos de filme?


Assisti “Fala sério, mãe”, baseado no livro homônimo da Thalita Rebouças. Fui assistir ao filme sem pretensão alguma e juro que ri e chorei na mesma medida. Fiquei muito emocionada com a história! É um filme sem censuras e que deveria ser assistido por todas as mães.


O segundo foi “Operação Red Sparrow”, lançado em março deste ano. Estrelado pela Jennifer Lawrence (que adoroooo!), o filme é um suspense sobre espionagem, que se passa na época da Guerra Fria, não é lá meu tipo de filme preferido, mas o cinema anda carente de lançamentos de romances (concorda comigo?), então, pela Jennifer, resolvi encarar! Rs... Jennifer interpreta Dominika, uma bailarina Russa, que sofre uma queda durante uma apresentação, quebrando a perna, o que saberemos que foi um “acidente” criminoso, ela então é convidada pelo tio a entrar no mundo da espionagem, tornando-se uma sparrow, uma sedutora treinada na melhor escola de espionagem russa. O filme é bastante sanguinolento, mas a história consegue envolver e ser interessante, de alguma forma, apesar de não ter tido uma boa nota pelos críticos de cinema.


O último foi “Casamento de verdade”, lançado em junho de 2016, estrelado pela linda e talentosa Katherine Heigl, é uma comédia romântica, que também tem drama, e aborda o relacionamento homoafetivo entre as personagens Jenny (Katherine Heigl) e Kitty (Alexis Bledel). O filme também recebeu uma nota bem baixa pelos críticos de cinema, mas eu consegui me envolver com a história, que me fez rir e me emocionar.


Por hoje era só! Esses posts de lidos e assistidos acabam sempre sendo grandes, mas espero que tenha curtido e possa aproveitar as dicas.


Quer ler algo meu? Recomendo “As coisas não são bem assim”, lançado pela editora Pandorga em junho de 2017, clique aqui para adquirir o seu. Fique ligadinha por aqui que em junho teremos posts especiais, dedicados ao meu novo romance. Contarei curiosidades, mostrarei quem seriam meus avatares dos personagens e postarei trechos da história aqui.


Beijos!


Renata R. Corrêa

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags