Acredite: toda mulher é linda do seu jeito, com suas qualidades e defeitos. Valorize-se!

Magrinhas, gordinhas, baixas ou altas, morenas, loiras ou mulatas, há tanta beleza escondida em toda mulher! Pare de se esconder, exiba seu melhor sorriso, aceite-se e seja feliz!

Amor próprio é para os fortes!


Estou fazendo piada, mas no fundo acredito mesmo nisso. Ter amor próprio não é nem de longe a coisa mais fácil do mundo, porque isso exige auto-aceitação e somos cruéis e exigentes demais conosco mesmas para nos aceitarmos assim tão facilmente, mas é fundamental! O espelho fica ali insistindo em apontar defeitos e por menores que eles sejam acabam se sobressaindo às qualidades.


Mas o que fazer?


Em primeiro lugar, deixe de ser sua maior carrasca! Pare agora de faze bullying consigo mesma e de se menosprezar! Já reparou em como somos ótimas em nos autocriticarmos? Mas eu te pergunto, pra quê isso?

Ficar enxergando só seus defeitos não vai te levar a lugar algum, na verdade vai sim: te levar para baixo, para a baixo auto-estima e sintomas depressivos. Deixa disso, mulher!


Mas meu corpo não é perfeito…


E pra quê você precisa de um corpo perfeito, caramba? Aprenda a amar suas curvas ou a falta delas, suas sardas, celulites e estrias, seus peitos grandes ou a quase total falta deles. Está achando que aí já é demais? Pois eu te digo: não é não! Cada marca que trazemos no corpo conta nossa história. Talvez algumas estrias tenham surgido quando você ficou mocinha e passou por aquele estirão do crescimento, quando os seios apareceram, o bumbum cresceu e as coxas engrossaram. Elas representam um marco em sua vida! Talvez outras tenha surgido depois da maternidade. É um preço que a gente paga? Pode ser, mas valeu a pena, não valeu?


Experiência própria


Falo por mim, hoje minha barriga em nada se parece com a que eu tinha antes de ser mãe, mesmo eu pesando a mesma coisa de antes de engravidar. Mas com a gravidez meu corpo mudou, tive gêmeos e com isso ganhei um enorme barrigão! Mas aquele barrigão todo que me encheu de felicidade e hoje me enche de orgulho e amor ao olhar para meus filhos, me trouxe flacidez, pneuzinhos e estrias.


Até uma diástese do músculo reto abdominal eu ganhei! Se eu acho minha barriga bonita? Não, não acho. Mas também não fico me martirizando por isso. Sou muito mais que minha barriga! Sou mulher, forte, guerreira, batalhadora, mãe. Mãe de dois. Que benção!


Quase morri depois do parto, após uma hemorragia uterina. Perdi o útero, mas ganhei minha vida e uma segunda chance. Então dá para ficar reclamando da barriga? É claro que não! Tem tanta coisa mais importante para ocupar meus pensamentos! Mas algum dia vou dar um jeito nisso, não porque preciso corresponder a qualquer padrão exigido pela sociedade, mas para que eu fique feliz por ter conseguido melhorar minha aparência, mas por ora está tudo bem.


Está tudo bem não estar tudo tão bem assim


Consegue entender isso? Aprenda a aceitar o que você tem agora, a amar o corpo que você tem hoje, mesmo que ele não seja o mais bonito ou o que você gostaria de ter. Aceitando-se como é, você terá mais motivação para melhorar aquilo que não te agrada tanto.


Sabe o que mais importa?

Sua saúde física e mental , seu equilíbrio emocional e sobretudo o amor por si mesma e por tudo o que é e que conquistou.

Quando a gente para de brigar com a gente mesma e se aceita, fica mais leve. Fica mais fácil conviver com nossos defeitos quando compreendemos que temos muitas qualidades também!


Cada mulher é linda do seu jeito, com todas as suas qualidades e imperfeições


Entender isso eleva a auto-estima, e mulher com auto-estima elevada é poderosa! É importante ter vaidade, cuidar-se e claro que é super normal querer melhorar aquilo que não te agrada, isso só não pode se tornar uma obsessão, motivo de dor e sofrimento.

Desejo que consiga olhar no espelho hoje, ao despir-se, e se enxergar como você é. Desejo que se olhe com respeito, carinho e amor e que se sinta linda como você é merece ser vista! E nunca permita que lhe menosprezem por suas imperfeições. Elas são parte de você, dessa mulher maravilhosa que é.


Te convido a conhecer mais meus textos. Preparei com todo carinho um livro de crônicas de presente para minhas leitoras. Já garantiu o seu? Se não, clique aqui agora e boa leitura!


Beijos e até a próxima!


Renata R. Corrêa

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags